Vivemos o Dia das Mães semana passada e foi muito emocionante ver nas mídias sociais o “feed” cheio de amor, sorrisos, abraços e felicidades compartilhadas.

Durante um final de semana, vivemos longe das ideologias e rusgas que nos separam e nos abraçamos “virtualmente” dividindo nossos momentos de ternura vividos na vida real.

Sei que não está fácil para ninguém e muito menos para o nosso Brasil que anda muito sofrido com o descaso do nosso sistema politiqueiro.

Mas valeu… um final de semana de respiro para dar mais “gás” para a semana que segue.

Continuando no espírito de ternura … visitamos com o NaAção um Lar de Vovozinhas Simpáticas: o RECANTO FELIZ São Francisco de Assis  que possui uma administradora incrível.

Proseamos um bocado com Lúcia que, a mais de 14 anos, trabalha com dedicação e amor a estas Senhoras que se encontram invisíveis para sociedade, no ápice de uma vida vivida, algumas com cicatrizes e outras com a solidão como companheira.

Lúcia aplica “mágicas” administrativas frente as dificuldades governamentais sofridas no dia-a-dia, e que são enormes, onde por exemplo, é fiscalizada por todos os órgãos, mas falta alimentos, e mesmo assim tem que se virar para cumprir a lei e provar que serviu os alimentos que constam nas exigências nutricionais.

E o melhor, ninguém fiscaliza o governo nestas ações de descaso! Ninguém aplica punições quando o Estado não envia os devidos repasses a estes lares! Mas nós sabemos bem o destino de muitos destes “repasses”!

Lúcia, com cuidado de mãe e com criatividade de uma empreendedora que não cruza os braços a espera de uma solução do governo, cria soluções para que cada Vovozinha ganhe dignidade e viva uma NOVA VIDA!

Inspirada, Lúcia diz que aos obstetras foi reservado o dom de receber a vida e aos geriatras o dom de devolvê-la: “Mas devolver como? Com amor e qualidade de vida”.

💡 Uma coisa é certa: O nosso “relógio da vida” só corre pra frente e não volta pra traz e o que fica é o que a gente faz nesta vida!

Com certeza Lúcia no dia das mães ficou rodeada de mamães-vovós e compartilhou muito amor.

Tem pessoas neste mundo que temos que agradecer só por existir, e Lúcia é uma destas.

E quem quiser participar do projeto ajudando e se voluntariar com o Recanto Feliz é só mandar uma mensagem pra gente!

E não esqueçamos que amor também é dedicação e cuidado.

Espero você, no próximo NAAção! 🙂

COMPARTILHE este post / vídeo http://bit.ly/naacaorecantofeliz para dar voz a quem está invisível e se INSCREVA no canal http://bit.ly/naacaobh para fazer parte da mudança.

Desenvolvimento: Fred Peres